Cabeamento estruturado, o que é?

Com a ascensão e o aumento da utilização dos equipamentos eletrônicos, o uso dos computadores e dos seus equipamentos interligados por redes se tornou algo indispensável para as empresas, sejam elas grandes ou pequenas, e para as residências. Isso não é atual, porém a cada dia crescem mais os números de cabos interligados nesses ambientes, sendo necessário utilizar um planejamento chamado cabeamento estruturado .

Para alguns casos, é necessária uma rede sempre estável e bem planejada que consiga suprir as demandas exigidas pelo maior volume desses equipamentos multimídias.

Para que se tenha essa rede estável, é fundamental a instalação de infraestruturas e projeto de Cabeamento Estruturado.

Você não sabe o que é esse Cabeamento? Continua lendo que vamos te contar tudo!

O que é

O Cabeamento Estruturado é um método padronizado de cabear uma rede. Ele leva em consideração as normas de segurança (ANSI, EIA/TIA), as melhores práticas, e é claro, o melhor aproveitamento de recursos dos equipamentos.

O cabeamento tem a capacidade de redirecionar os cabos por diferentes caminhos, dentro de uma mesma estrutura de cabeamento, assim fazendo pontos distintos se comunicarem.

Logos, cabeamento estruturado é o sistema de cabos, conectores, condutores e dispositivos que permitem estabelecer uma infraestrutura de telecomunicações em um edifício. Porém, para ser um cabeamento estruturado são necessárias algumas exigências. A instalação e as características do sistema precisam estar dentro dos padrões normativos.

Principais características do cabeamento estruturado

O cabeamento estruturado apresenta algumas características próprias. Nele, os sistemas de telefonia, rede e vídeo utilizam um sistema comum de cabeamento. Mantendo assim, tudo organizado e visualmente agradável.

Todos os elementos do cabeamento são planejados para que se possa obter os melhores resultados possíveis. Para um cabeamento de excelência são necessárias algumas características básicas, como: definir tipo de cabo e seus encaminhamentos; analisar os equipamentos, servidores e trabalhos a serem executados.

Normas e padrões do cabeamento estruturado

Os projetos de Cabeamento estruturado são baseados e regidos por padrões e normas internacionais. As normas determinam coisas como: a disposição dos cabos, das infraestruturas de caminhos e espaços e sua identificação e administração.

As principais normas existentes e suas especificações são definidas pela EIA (Eletronic Industries Alliance) e pela TIA (Telecommunications Industry Association), além da norma brasileira definida pela NBR. Veja a seguir as principais:

Norma EIA/TIA 568

Especificação geral sobre cabeamento estruturado em instalações comerciais.

Norma EIA/TIA 569

Especificação geral para encaminhamentos de cabo (Infraestrutura, canaletas, bandejas, calhas, etc).

Norma EIA/TIA 570

Especificação geral sobre cabeamento estruturado em instalações residenciais.

Norma EIA/TIA 606

Administração da documentação da estrutura de cabeamento.

Norma EIA/TIA 607

Especificações de aterramento.

Norma NBR 14565

Especificações brasileiras de cabeamento estruturado para Edifícios Comerciais e Data Centers (é equivalente a EIA/TIA 568).

Norma ISSO/IEC 11801

Norma europeia para o sistema de cabeamento de telecomunicações (é equivalente a EIA/TIA 568).

Norma TIA 942

Diretrizes para o cabeamento de fibra óptica (envolve, além da infraestrutura e da tipologia, a segurança, a proteção contra incêndio e proteção ambiental).

Importância do Cabeamento Estruturado

Um bom Cabeamento Estruturado faz toda a diferença quando o assunto é organização.

Fazer a implementação desse sistema numa empresa, garante uma maior organização e facilidade na instalação de novos equipamentos ou na substituição de outros.  Sem esse sistema, pode ser difícil localizar algo no meio da desordem e caos no emaranhado de cabos.


E então, impressionante né? Procure a gente e pare de se preocupar com os cabos!



Deixe uma resposta