O que é a CIPA e quais as suas características

A sigla que significa Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) é uma ferramenta que todos os trabalhadores dispõem para discutir sobre a prevenção de acidentes e de doenças no seu ambiente de trabalho.

A CIPA teve início na 2° metade do século 18, a partir da Revolução Industrial na Inglaterra, com o efeito da vinda das máquinas nas empresas, do aumento do número de lesões devido acidentes e doenças ocupacionais. Mas, também da importância de que nas empresas houvesse um grupo responsável por identificar e corrigir riscos de acidentes no ambiente de trabalho.

A CIPA tem como objetivo maior, a promoção e a prevenção da segurança e da saúde do funcionário durante a sua estadia no local de trabalho.

Hoje, trouxemos algumas informações para você entender o que é a CIPA e quais as suas características.

CIPA: como é formada

A organização dessa comissão interna se dá por meio de representantes do empregador e dos empregados, de acordo com o dimensionamento previsto no Guia Trabalhista, ressalvadas as alterações disciplinadas em atos normativos para setores econômicos específicos.  A CIPA é regulamentada pela Consolidação das Leis de Trabalho (CLT) e pela Norma Regulamentadora NR5.

A formação dessa comissão é obrigatória para as empresas privadas, públicas, sociedades de economia mista, órgãos da administração direta e indireta, instituições beneficentes, associações recreativas, cooperativas, bem como outras instituições que admitam trabalhadores como empregados.

As empresas que possuem até 20 funcionários não têm a obrigação de construir um grupo de integrantes da CIPA, mas são obrigadas a promover o treinamento de um funcionário elegido para atender todas as disposições normatizadas.

A seleção desse grupo de cipeiros é votado pelos funcionários e indicados pelo empregador. Esse grupo que foi eleito, terá que investigar e reconhecer os riscos que podem gerar acidentes e doenças do trabalho e criar mecanismos para proporcionar condição de trabalho segura para todos os seus colaboradores.

Benefícios da CIPA

A capacitação regulamentada pela NR 5 enriquece a experiência profissional do funcionário e melhora sua atuação no ambiente de trabalho. Ele se torna, então, um aliado do patrão, promovendo a segurança na atuação empresarial.

A norma regulamentadora elenca alguns itens básicos a serem contemplados no treinamento, tais como estudo do ambiente, riscos do processo produtivo e seu gerenciamento, avaliação e análise de acidentes e doenças laborais.

Uma organização que preza pela qualidade de vida dos funcionários tem imagem positiva perante a sociedade, desde os clientes até os investidores, passando pelos funcionários.

Tais tópicos são vitais para a promoção da higiene ocupacional e estimulam toda a equipe, por exemplo, a utilizar os equipamentos de proteção individuais (EPIs) recomendados.

O papel da CIPA é estudar as instalações e prevenir acidentes, reduzindo ou eliminando riscos. Tal vantagem vai além da possibilidade de analisar perigos à saúde e vida do empregado, pois ela evidencia gargalos nas operações da empresa.


Profissionalize a sua empresa. Conheça o nosso curso para empresas!



Deixe uma resposta